Home

Você Sabia?

  • O GameCube nem sempre teve esse nome. Antes de se chamar Cubo dos Jogos, ele se chamava Golfinho, ou Dolphin, se você viver nas terras Yankees. Devido a isso, vários jogos e características do console fazem referência a esse nome.

     

     

    Game Cube, da Nintendo

  • O Virtual Boy causava dores de cabeça em quem jogava por um tempo muito longo. A própria Nintendo recomendava um descanso a cada 15-30 minutos, para evitar enxaquecas. Ademais, boa parte dos jogos lançados vinham com a opção de auto-pause para lembrar os jogadores de descansar.

     

    Virtual Boy, da Nintendo

Fotos

Adicionados Recentemente

 

 

Maior Colecionador de Games do Brasil reúne 350 aparelhos e cerca de 3,5 mil jogos além de centenas de acessórios

 

Amante dos jogos, Marcelo Tavares possui em seu acervo clássicos como o Atari 2600 e o Telejogo, e também raridades como o Virtual Boy e o Microvision

Maior Colecionador de plataformas para jogos do país, Marcelo Tavares, 35 anos, é especialista em jogos eletrônicos. Atualmente, o colecionador possui 350 aparelhos de videogame em seu acervo e cerca de 3.500 jogos, além de centenas de acessórios.

 



Por reunir em sua coleção raridades e aparelhos que tiveram grande representatividade na história dos Games, Marcelo já recebeu inúmeros convites para expor suas raridades. Pensando nisso, o colecionador já expôs algumas vezes sua Coleção dentro da Brasil Game Show, Maior Feira de Games da América Latina, da qual é o fundador.
 
Em sua coleção, podem ser encontrados videogames Clássicos, que fizeram história, como o Atari 2600, Telejogo, Odyssey, Master System, Nintendinho 8 bits, Famicom, Super NES, Mega Drive e Game Boy. Além destes, há ainda algumas Raridades, como:

–    Virtual Boy – primeiro videogame a utilizar tecnologia 3D, que alertava os jogadores quanto ao uso excessivo, desligando quando isso acontecia;
–    Pippin – tentativa da Apple, em parceria com a Bandai de produzir videogame. Rodava o sistema operacional Mac OS;
–    Microvision – primeiro console portátil a utilizar cartuchos na história dos videogames;
–    Channel F – é o primeiro console tradicional a usar cartuchos;
–    Game & Watch – foram os primeiros aparelhos produzidos pela Nintendo. Era uma mistura de relógio com videogame;
–    3DO – tentativa de criar um padrão único de videogame, que seria produzido por diversos fabricantes (como acontece hoje, por exemplo com players de DVD e Blue Ray);
–    Jaguar – videogame lançado pela Atari mais de dez anos após o lançamento do Clássico 2600, com 64 bits de memória. Foi a tentativa da Atari de reviver os seus melhores dias;
–    Vectrex – console acoplado a uma tela de TV monocromática, onde para dar cor aos jogos era possível trocar a película na frente da tela;
–    Amiga CD 32 – foi um videogame baseado na plataforma de computadores Amiga, com 32 bits, que tentou, sem sucesso, competir com o primeiro PlayStation e o Nintendo 64.
 
Amante dos games desde pequeno, Marcelo iniciou sua coleção aos sete anos e desde então reúne jogos, controles, consoles e inúmeras miniaturas de personagens em sua residência.
 
Para justificar seu fascínio, Tavares transformou seu hobby em profissão e tornou-se um grande empresário do ramo. Em 2009, criou a Brasil Game Show, com o intuito de reunir amantes e profissionais da área, e até hoje Marcelo atua no segmento com êxito.


S5 Box